terça-feira, 18 de agosto de 2015

Assuntos Proibidos #1

Assuntos Proibidos, serão pequenas resenhas interligadas que tratarão de assuntos que ninguém fala ou tem saco, ou coragem para falar. 

Custo do transporte público

Sim eu ando de ônibus como muitos em nossa cidade e claro. O valor da passagem, R$ 3,25 (três reais e vinte e cindo centavos, no dia em que isto foi escrito) é sim demasiado caro, para carros velhos, sem estrutura, lotados, atrasados, tripulação (motorista e cobrador) sem treinamentos, etc...  Legal todo mundo concordou, alguém já parou para pensar que temos (população) parcela de culpa nisso? Toda vez que um *braZileiro utiliza de seu cartão de isenção, nos pagamos a passagem dele, toda vez que alguém picha um ônibus, somos nós que pagamos a limpeza, que toda vez que alguém rasga os estofados, nós pagamos, toda vez que alguém quebra ou até incendeia, somos todos nós que pagamos por isso. Ou seja, agora você consegue ver a nossa parcela de culpa, reclamar sim, questionar sim, mas fica por aí, pq até que todos sejamos brasileiros de novo, não podemos reclamar de nada do que fazemos.    

  

Não trabalho nem pretendo trabalhar em nenhuma empresa de transporte público, mas acho justo que todos tenhamos ciências sobre nossas responsabilidades como cidadãos de uma mesma cidade. Chega de colocar a culpa em todos menos em nós mesmos. 

Porto Alegre, deu?




*braZileiros: cidadão que utiliza de todos os meios para tirar vantagem sobre seus semelhantes. Exemplo: não devolver o troco recebido à maior, sentar em bancos que não são destinados a ele, parar em vaga de cadeirante, furar fila, etc, 

Nenhum comentário:

Postar um comentário